Open Banking – Tudo o que você precisa saber sobre essa modalidade

Hugo Mathecowitsch

Hugo Mathecowitsch

Co-founder & CEO da a55

Open Banking

Saiba tudo o Open Banking, a modalidade que promete mudar a forma como conhecemos o mercado financeiro.

O modo como os sistemas bancários funcionam esta mudando nos últimos tempos. Os avanços da tecnologia permitem que as instituições financeiras adotem métodos de funcionamento mais flexíveis e o Open Banking veio para otimizar ainda mais os processos do mercado financeiro.

Hoje os usuários procuram uma experiência customizada e com todas as informações num único lugar, o Open Banking foi criado exatamente para garantir essa liberdade de acesso.

Neste artigo você vai encontrar tudo o que precisa saber sobre essa modalidade, como ela funciona, o que são as API’s e de que maneira essa modalidade vai impactar o mercado financeiro. Boa leitura!

Qual o conceito de Open Banking?

O Open Banking é a prática de compartilhar informações financeiras digitalmente, com segurança e apenas sob condições aprovadas pelos clientes, ou seja, você tem total controle de tudo o que acontece com as suas finanças. 

A ideia geral dessa modalidade é permitir que o usuário acesse e movimente suas contas bancárias, de diferentes bancos em diferentes plataformas, não só nas plataformas dos bancos.

Apesar de proporcionar uma experiência customizada para os usuários, o Open Banking tem um conceito de simplicidade. Isso porque o intuito é fazer com que os bancos adotem tecnologia padronizada, a fim de tornar a comunicação e portabilidade de dados mais fácil.

Para que isso funcione, essa modalidade opera por meio de APIs (Application Programming Interface). Dessa forma, diversas empresas podem criar aplicativos que agregam valor aos serviços ofertados pelas instituições financeiras.

O que são APIs?

As APIs (Application Programming Interface) funcionam como uma ponte para conectar aplicações e podem ser utilizadas para diversos tipos de negócios. 

Pode parecer complicado, porque não é algo visível para os usuários. Nós enxergamos apenas a interface dos aplicativos e sistemas. Mas para os profissionais de programação é algo muito comum, isso porque só é possível desenvolver alguns softwares por meio de padrões e especificações disponíveis pelas APIs.

São as APIs que garantem a integração entre sistemas que possuem uma linguagem diferente, por exemplo, somente por meio de uma API é possível uma plataforma de gestão empresarial ter acesso e fazer a leitura de extratos bancários dos bancos tradicionais.

Para o Open Banking isso é muito importante, pois os aplicativos e plataformas podem se comunicar e trocar dados para garantir uma experiência completa para o usuário.

Vantagens do Open Banking

Toda inovação traz consigo alguns benefícios. Confira as vantagens do Open Banking.

• Experiência Customizada

As pessoas querem, cada dia mais, uma experiência diversificada e de proximidade. O Open Banking traz esse conceito para a realidade e disponibiliza produtos e soluções financeiras em diferentes plataformas, oferecendo mais liberdade e opções. Essas plataformas podem oferecer um único serviço, como financiamentos por exemplo, ou ter muitos serviços disponíveis, permitindo aos clientes escolher qual empresa possui a melhor solução para atender sua necessidade.

• Ferramentas mais úteis

Por meio das APIs, ferramentas, sistemas e plataformas que aderem ao modelo Open Banking apresentam maior eficiência, pois garantem uma automatização de processos entre as instituições financeiras. Com isso há uma maior segurança na troca de informações e uma experiência melhor para quem busca uma solução financeira.

• Empréstimos empresariais

Quando sua empresa for pedir uma linha de crédito para crescer, a empresa onde você pede essa linha vai precisar dos seus dados bancários, informações contábeis e outros documentos.

Com a integração disponibilizada pelo Open Banking é possível ter acesso a todos esses dados em um único local, facilitando o processo de análise.

Além disso, os seus dados podem ajudar sua empresa a economizar. Aqui na a55, por exemplo, ao solicitar um crédito, seus dados e informações podem ajudar a melhorar seu volume de crédito e suas taxas.

• Liberdade e autonomia

Com essa modalidade, o usuário pode migrar de banco com mais tranquilidade. Hoje para fazer a mudança de uma instituição para outra o processo é burocrático. Além disso, quanto mais tempo o cliente está com um banco, mais informações ele possui, ao mudar é bem provável que parte dessas informações se perca. 

Com a integração isso não acontece, pois os bancos terão acesso às informações que o usuário permitir, por meio das APIs.

• Competição de mercado

Utilizar uma plataforma que reúne em um único local diversas informações reduz a barreira para entrada de novos serviços e produtos, criando a possibilidade de um mercado mais competitivo e com mais opções para os usuários.

open banking

Impacto no Mercado Financeiro

Em 2015 foi criado o The Open Banking Working Group. Desde então o Open Banking tornou-se um conceito mais sólido e padronizado. Essa iniciativa, tem como objetivo integrar as iniciativas de abertura desse mercado, trazendo agilidade e regularidade nos processos realizados pelos bancos. 

As instituições brasileiras que fazem parte dessa iniciativa buscam benefícios, como por exemplo, maior engajamento de usuários, aumento de vendas e produtos por meio das APIs, melhor posicionamento do mercado.

O Open Banking é um conceito muito valioso, pois veio para inovar e aprimorar o modo como vemos o mercado financeiro hoje. A partir das mudanças que ele oferece, é possível ter uma experiência completa e adequada para suas necessidades.

Por conta do compartilhamento de dados, fique atento se a instituição que oferece o Open Banking toma todas as medidas de segurança para manter os seus dados seguros.

Se você quer ficar por dentro de todas as novidades do mercado financeiro, assine nossa newsletter e receba mensalmente conteúdos para o crescimento da sua empresa.