Como fazer um planejamento financeiro empresarial – Descubra porque esse processo é importante

Helena Leite

Helena Leite

Head of Creadit da a55

planejamento financeiro empresarial

Manter a saúde financeira da empresa em dia não é tarefa fácil. Você sabia que uma a cada quatro empresas fecham antes de completar dois anos? Isso acontece porque os empreendedores não têm um planejamento financeiro empresarial.

Saber como fazer esse planejamento é tarefa fundamental para ficar fora desta estatística. Para isso, você precisa de algumas práticas simples que vamos apresentar e muita disciplina.

Neste artigo, você vai descobrir porque elaborar um planejamento financeiro empresarial é tão importante e também um passo a passo simples para começar a cuidar da saúde financeira da sua empresa.

O que é planejamento financeiro empresarial

Planejamento financeiro empresarial pode ser considerado o conjunto de ações, ferramentas e controles que permitem que você entenda, organize e gerencie os recursos financeiros da sua empresa, garantindo bons resultados.

Fazer projeções de receitas, despesas e possíveis cenários, permite que você tenha uma visão de como serão os próximos meses. O objetivo é garantir que será possível suprir as necessidades da empresa e utilizar os recursos da melhor maneira possível.

Ter uma boa organização financeira é um fator determinante para o crescimento do seu negócio. Por mais experiência que você possa ter, é necessário acompanhar as finanças de perto, pois assim você tem uma visão clara do caminho que sua empresa está indo.

Porque fazer um planejamento empresarial é importante?

Para falar a verdade, fazer um planejamento financeiro empresarial não é importante, é vital para tomar decisões estratégicas do seu negócio, independente do tamanho da sua empresa.

Se você não organiza e não entende suas projeções, não será capaz de alocar melhor os recursos, supor custos, nem saberá o momento certo de captar investimentos para o crescimento da empresa.

Ter um planejamento financeiro completo e realista te deixa seguro para crescer de maneira saudável e sustentável. E mesmo sendo algo fundamental, muito empreendedores desconsideram a relevância do planejamento.

Pode ser que esse seja o motivo de 1 a cada 4 empresas fecharem as portas antes de completar 2 anos de mercado. Empreendedores podem encontrar desafios para elaborar um planejamento financeiro, mas não é assim tão complicado. Com o passo a passo que vamos apresentar e disciplina para segui-los, você será capaz de organizar, entender e gerir suas finanças.

Passo a passo para elaborar um planejamento financeiro empresarial

Para ajudar você a começar o seu planejamento financeiro, elencamos 7 passos que vão organizar o seu negócio, confira

1. Situação Financeira

O primeiro passo é saber exatamente como está a situação atual da sua empresa, ou seja, entender como está o desempenho das suas atividades. 

Comece por uma análise de mercado, público alvo, pontos fortes e fracos da operação. E não se esqueça de analisar os números de receitas, despesas, dívidas, faça isso projetando os valores de curto, médio e longo prazo.

Dessa forma você começa a ter uma visão mais clara do seu negócio e deixa de agir com base no “achismo”, ou seja, é possível saber quanto a sua empresa tem de capital para investimento e também quais ações devem ser feitas para crescer e melhorar resultados.

situação financeira

2. Gastos

Após a primeira análise geral da sua empresa, chegou a hora de definir prioridades e eliminar o que não é necessário.

Para identificar o que é uma necessidade para sua empresa, classifique todos os seus gastos despesas por nível prioridade. Elimine todos os gastos que não contribuem para gerar receita.

Além de reduzir os gastos desnecessário, ter essa visão ajuda a controlar melhor suas despesas operacionais. Analise as etapas do seu processo ou produto e veja se não há desperdícios.

Torne essa prática recorrente e perceba que será possível produzir mais gastando menos, aumentando sua eficiência e melhorando seus lucros.

3. Diferentes Cenários

É importante prever cenários distintos do que você está vendo ao analisar os seus dados. De maneira geral, os empreendedores criam pelo menos dois cenários alternativos: um otimista, em que as expectativas são boas, as vendas aumentam, custos são super reduzidos e a empresa tem metas batidas; e um cenário pessimista, onde o contrário pode acontecer.

Ao prever essas possibilidades no seu planejamento financeiro empresarial, você pode se organizar para possíveis situações em que precise de uma gordura de caixa, no cenário pessimista ou então se organizar para investir no crescimento da empresa, no cenário otimista.

Ao se preparar para esses cenários, a chance de acertar algum deles é maior. Mesmo que a situação se encaminhe para algo negativo, você já terá previsto e será capaz de se adaptar.

4. Movimentação Financeira

O dia a dia de um setor financeiro é bem movimentado, com muitas tarefas a serem cumpridas. Para evitar erros, é importante manter uma organização completa.

Para fazer o seu planejamento financeiro empresarial, você pode dividir suas movimentações em:

• Movimentações diárias –  dados de emissão de boletos e volume de transações podem ajudar a ter controle do fluxo de caixa;
• Movimentações semanais – esses dados mostram recorrências de movimentações e padrões, permitindo uma análise mais ampla;
• Movimentações mensais – os dados mensais preveem os custos fixos, dessa forma é mais fácil ter uma previsibilidade de valores.

5. Tecnologia

Como você percebeu, para garantir um bom planejamento financeiro empresarial você precisa de alguns processos e dados. Se você possui uma pequena empresa, uma planilha no Excel pode ser suficiente, mas saiba que os sistemas de gestão podem facilitar sua vida.

Esse tipo de ferramenta foi desenvolvido com o objetivo de integrar e organizar todas as informações relevantes de maneira inteligente para o crescimento do seu negócio.

A plataforma a55 é gratuita e possui diversos recursos que podem ajudar você nesta jornada. Com a plataforma você tem acesso a métricas de performance comercial, indicadores financeiros, controle de inadimplência, insights sobre base de clientes, junto com a possibilidade de solicitar crédito para alavancar o seu negócio. Clique aqui para conhecer a plataforma a55.

6. Plano de Ação

Após analisar todos os dados da sua empresa, entender como está a saúde financeira e prever cenários, você deve elaborar um plano de ação, com um viés prático para garantir que as metas sejam alcançadas. 

Pense em ações como:

• Definir os objetivos da empresa, que tenham a ver com a projeção dos seus dados;
• Mapear ações realistas para alcançar os objetivos;
• Criar um cronograma das ações e dividir as responsabilidades com os times e pessoas responsáveis;

Lembre-se de documentar suas ações para avaliá-las no futuro, assim você pode perceber o que fez certo e o que poderia melhorar.

plano de ação

7. Resultados

As ações anteriores só farão sentido de você monitorar seus resultados.  Desse modo você vai conseguir entender se o seu plano de ação está correto e a empresa está caminhando para o sucesso ou não.

Para garantir o sucesso e o crescimento da sua empresa, reserve um tempo na sua semana para elaborar o seu planejamento financeiro empresarial e coloque a mão na massa.

Somente com um planejamento sólido e bem estruturado você terá clareza para tomar uma decisão e saberá quais ações necessárias para crescer.

Gostou deste conteúdo? Compartilhe com outros empreendedores e se inscreva em nossa newsletter, vamos crescer juntos!